Polícia Civil combate o tráfico de drogas no Rio Grande do Sul


Uma organização criminosa, ligada ao tráfico de drogas, é alvo de uma operação da Polícia Civil, deflagrada na manhã desta terça-feira no Vale do Sinos. A ofensiva, chamada de Capote, tem o objetivo de cumprir 30 ordens judiciais em 12 cidades do Rio Grande do Sul.

O grupo, de lideranças oriundas do Paraná, escolheu a região Metropolitana e o Vale dos Sinos como base para sua organização no tráfico de drogas do Estado. Um dos investigados, suspeitos de liderar a quadrilha, está preso em uma penitenciária estadual do Paraná. As investigações apontam que os líderes da quadrilha, de dentro do presídio, mantinham contato e davam ordens ao grupo já instalado do Rio Grande do Sul.

A organização chegou a movimentar mais de R$ 1 milhão de reais por mês nas atividades do tráfico. Seu modus operandi era efetuado na troca de drogas por carros. O valor de cada veículo se dava de acordo com a situação, se estava de acordo com as documentações ou se estava clonado, por exemplo.

Os traficantes da quadrilha eram responsáveis por carregamentos consideráveis de drogas para comerciantes de drogas na fronteira com o Uruguai, além de distribuírem entorpecentes para praticamente todas as regiões do Estado.

Fonte: Correio do Povo


23 visualizações0 comentário