Inter traça mudança de perfil e quer reduzir idade do time B para acelerar formação


O Inter ainda trabalha para oficializar o primeiro reforço deste fim de ano, mas já tem definidas algumas diretrizes internas para 2019. Após uma série de reuniões, o clube traçou um novo perfil para o seu time B e pretende rejuvenescer, aos poucos, o elenco comandado pelo técnico Ricardo Colbachini.

O planejamento do clube é reduzir o número de atletas acima dos 20 anos na segunda equipe e dar cada vez mais espaço a jogadores mais jovens para acelerar o processo de formação de novos talentos. A ideia é seguir uma tendência identificada nos principais mercados europeus e aproveitar mais cedo os garotos no time principal.

A mudança de conceito também terá incidência na política de contratações para o time B. A diretoria colorada passará a monitorar o mercado em busca de contratações "muito pontuais" de outros jogadores que já estejam no profissional como reforços para o grupo da equipe.

– Vamos ter um menor número de atletas acima dos 20 anos para promover cada vez mais jogadores mais jovens, como o mercado europeu e a própria equipe principal requer. Essa é a tendência mundial. Mas vamos estar abertos para possibilidades muito pontuais de jogadores que estejam jogando numa equipe profissional com destaque e que possam vir para o nosso time sub-23. Nossa ideia é cada vez mais acelerar essa formação, essa precocidade que hoje o futebol moderno exige – afirma o executivo Rodrigo Caetano ao GloboEsporte.com.

Atualmente, o elenco do time B abriga 20 atletas, listados no site oficial do clube. Do total, apenas dois têm menos de 20 anos: o goleiro Douglas (18 anos) e o lateral Leandro Cordova (19 anos). Outros 10 jovens têm exatos 20 anos de idade.

Vale lembrar que há garotos que não estão no elenco, mas atuam pelo time B nas competições. São os casos dos zagueiros Bruno Fuchs (19 anos) e Roberto (20 anos), do lateral Heitor (18 anos), do meia José Aldo (20 anos) e dos atacantes Pedro Lucas (20 anos) e Netto (20 anos), que integram o elenco da equipe júnior. Destes, Bruno Fuchs, Roberto e Pedro Lucas integrarão o grupo de Odair Hellmann em 2019, assim como o volante Ramon e os meias Sarrafiore e Nonato.

Clube inicia obras de 3º campo para aproximar garotos

Um dos pilares da estratégia para ter mais jovens no elenco de Odair Hellmann passa por uma mudança estrutural, com a aproximação das últimas categorias da base ao grupo principal. O clube iniciou as obras para a construção de um terceiro campo no CT do Parque Gigante, justamente para ter os garotos aos olhos da comissão técnica do elenco profissional.

Conforme apurado pelo GloboEsporte.com, as obras ainda estão em estágio inicial, com a preparação do terreno para o terceiro gramado anexo ao primeiro campo do CT. Não há previsão de conclusão do procedimento.

– Além de termos eles próximos, vão estar convivendo com nossa comissão técnica, nós vamos ter embasamento na tomada de decisão. É a forma que a gente tem para diminuir a distância da estrutura física. Pode ter certeza que vamos abrir espaço para os jovens. O que vai dizer sobre o abastecimento dessas vagas sempre será a qualidade. Isso vai fazer com que nós possamos cobrar mais da base para que abasteça o futebol profissional com qualidade – ressalta Caetano.

Atualmente, os garotos treinam no CT Morada dos Quero-Queros, em Alvorada, na Região Metropolitana de Porto Alegre. A construção da "Cidade do Inter" em Guaíba segue em compasso de espera. O clube ainda estuda a melhor forma de tirar do papel o projeto sem comprometer as finanças.

Fonte: Globoesporte.com


14 visualizações

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções