Enem 2018: cinco alimentos para consumir durante as provas e garantir um bom desempenho


Neste ano, mais de 5 milhões de estudantes devem realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No próximo domingo (4), serão aplicadas as provas de Linguagens, Ciências Humanas e Redação, com duração de cinco horas e meia. No domingo seguinte, (11), será a vez de Matemática e Ciências da Natureza, com duração de cinco horas. Avaliações de longa duração como estas exigem do estudante máxima concentração e energia mental, por isso, recomenda-se a ingestão de alimentos saudáveis e balanceados durante os testes.

De acordo com a nutricionista Michele Nunes, manter-se em jejum por cinco horas pode baixar o nível de glicose, popularmente conhecida como açúcar no sangue, causando sonolência, tonturas, calafrios e, em casos mais graves, até desmaios. Ainda segundo Michele, o consumo de alimentos com excesso de açúcar ou sódio pode causar sonolência ou dificuldade de concentração, prejudicando o aluno. Confira abaixo cinco alimentos que podem ser consumidos durante as provas e seus benefícios para um bom desempenho:

1. Chocolate 70% cacau

Além de ser estimulante, o chocolate 70% cacau contém baixa quantidade de açúcar e gorduras trans, evitando picos de glicose que poderiam causar sonolência.

2. Sanduíche de pão integral com frango desfiado e salada (cenoura ralada, alface e tomate)

Um lanche leve, que reúne carboidrato complexo (pão integral), uma fonte de proteína (frango desfiado) e saladas, fornecerá energia de forma lenta e gradual, combinando vitaminas, nutrientes e minerais, facilitando a digestão. O sanduíche deve ser preparado no dia, para que seja consumido fresco, evitando problemas gastrointestinais.

3. Banana

É uma excelente fonte de carboidrato e energia, além de ser rica em potássio, que é essencial para o bom funcionamento do cérebro e do coração. Pode ser acrescida à banana uma colher de sopa de aveia, que tornará o lanche ainda mais nutritivo e manterá o estudante saciado por mais tempo.

4. Mix de oleaginosas (amêndoas, nozes e castanhas)

Essa combinação contém antioxidantes em sua composição que otimizam o cérebro, fornecendo oxigênio e auxiliando na melhora da memória.

5. Frutas vermelhas (morangos e cerejas)

As fruta vermelhas são boas opções de lanches, pois têm flavanoides, que proporcionam efeitos positivos na aprendizagem e na memória, devido à capacidade de proteger os neurônios, além de serem importantes para a concentração.

Lembre-se: para a hidratação correta do corpo e para o fornecimento de sais minerais, é muito importante o consumo de água durante a prova.

Te liga no horário de verão

À meia-noite de sábado (3) para domingo (4), os relógios devem ser adiantados em uma hora. Se você tem smartphone com o sistema operacional Android, faça o processo manualmente, antes da virada, conforme as dicas abaixo do Google:

  1. Entre no menu "Configurações" e procure o item chamado "Sistema", escolha "Data e Hora" ou algo similar – em alguns aparelhos, talvez não seja necessário passar pelo menu "Sistema".

  2. Desative as opções "Data e hora automáticas" e "Fuso horário automático".

  3. Depois desses passos, adicione 1 hora em seu horário local e tudo estará pronto para ativar os despertadores.

  4. Na manhã seguinte, deve-se desfazer essas configurações ativando as opções "Data e hora automáticas" e "Fuso horário automático", além de reiniciar o aparelho.

A Apple garante que usuários do sistema iOS podem confiar no ajuste automático.


11 visualizações

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções