• G1/RS

Preso terceiro suspeito de participar de morte de primos que cavaram a própria cova em Gravataí


Foi preso nesta quarta-feira (31) o terceiro suspeito de participar da morte de dois primos em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre, em agosto de 2017. O caso teve grande repercussão na época. As vítimas, de 22 e 17 anos, tiveram de cavar a própria cova antes de serem assassinadas a tiros e terem os corpos queimados e enterrados.

Moisés Uilian da Silva Silveira foi apontado como responsável pela filmagem da execução dos dois primos. Ele foi preso em meio a uma operação da Polícia Civil que crumpriu mandados de busca e apreensão e de prisões relativas à investigação sobre um outro homicídio registrado também em Gravataí.

"Acabou sendo preso porque foi encontrado em uma das casas. Como ele tinha prisão preventiva em relação ao caso do ano pasado, acabou sendo preso também. Em tese, ele não era alvo de hoje", explica o delegado Felipe Borba.

No total, seis pessoas foram presas, incluindo Moisés. Foram apreendidas três armas, sendo um revólver .38, outro revólver .32 e uma submetralhadora artesanal calibre 9mm, além de munições. Durante as buscas, também foram apreendidas porções de maconha e de crack, prontas para serem comercializadas, e uma quantia em dinheiro.

Operação Liberdade

A Polícia Civil realizou a operação dentro da investigação sobre o homicídio de Djovany Teixeira de Macedo, ocorrido no último dia 16 de outubro. Há outras pessoas com prisão decretada pela Justiça e que ainda não foram localizadas. A identidades são mantidas em sigilo.

Conforme o delegado Felipe Borba, Djovany teria sido morto por ter relação com facção rival a dos presos nesta quarta-feira, e não se descarta a hipótese de que ele teria tido um relacionamento com a companheira de um dos suspeitos.

A Polícia Civil acrescenta que os suspeitos circulavam ostentando armamento e ameaçando moradores e que, segundo informações recebidas, estavam planejando implantar toque de recolher em alguns locais da cidade.


37 visualizações0 comentário

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções