Leite intensifica campanha e Sartori minimiza fala de Bolsonaro


A declaração de neutralidade na eleição do Rio Grande do Sul, feita nessa terça-feira pelo candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), não surpreendeu a campanha de José Ivo Sartori (MDB), que tem reforçado na propaganda de rádio e TV seu apoio ao capitão da reserva. A coordenação da campanha de Sartori afirma que o apoio do presidenciável é manifestado por diversos nomes ligados ao candidato do PSL.

“Nós sabíamos dessa neutralidade do presidente, não podia ser diferente, mas os grandes líderes e homens fortes declararam apoio ao governador”, reforçou o coordenador-geral de campanha, Idenir Cecchim. Como exemplo, ele citou os nomes do deputado federal Onyx Lorenzoni (Dem-RS), cotado para assumir a Casa Civil em um governo Bolsonaro, e do próprio candidato a vice-presidente da chapa, general Hamilton Mourão. “As duas candidaturas estão consolidadas juntas”, garantiu.

Além de questionar a postura menos enfática de Leite ao apoiar Bolsonaro, a campanha de Sartori tem adotado o discurso de que o adversário está próximo do PT, o que vai contra argumentos recentes do próprio MDB, que insistia que o tucano se apresentava com propostas muito semelhantes às do governador. Segundo Cecchim, no entanto, as semelhanças dizem respeito apenas a visões econômicas. De resto, o ex-prefeito de Pelotas mostra uma aproximação maior com teses petistas, afirma Cecchim, ao se referir a suposta posição contrária do candidato e do PSDB em relação ao plebiscito para a venda de estatais.

Eduardo Leite intensifica campanha

O candidato do PSDB ao governo do Estado, Eduardo Leite, intensificará a participação em agendas de rua nos quatro últimos dias permitidos para propaganda pela legislação eleitoral. “O Eduardo percorrerá os principais municípios da região Metropolitana e também alguns dos bairros da Capital para interagir com os eleitores e buscar a consolidação da liderança obtida com a vitória no primeiro turno”, contou ontem o coordenador-geral da campanha tucana, Valdir Bonatto.

Segundo ele, já estão fechadas agendas em Porto Alegre, Cachoeirinha e Gravataí, entre quinta e sexta-feira. No sábado, último dia para mobilizações de campanha em espaço públicos, o candidato participará de atividades em Esteio, domicílio de seu vice na chapa, delegado Ranolfo Vieira Júnior (PTB), em Canoas e novamente na Capital.

“Nestes últimos dias, é muito importante fortalecer a relação com os eleitores, estar próximo, atender a um pedido, ouvir as demandas em uma localidade. Acreditamos que, de uma forma geral, a imagem do Eduardo está consolidada. Estamos confiantes de que a vantagem conquistada no primeiro turno poderá ser ampliada no domingo”, sustentou.

Nesta quarta-feira, o candidato tucano cumpre sua última agenda no Interior. Desde ontem à noite, Leite está em Pelotas, seu domicílio eleitoral, onde terá reunião com prefeitos da região para ouvir e planejar ações. “A região Sul possui demandas históricas relacionadas a desenvolvimento econômico, infraestrutura, geração de emprego e renda, recuperação do Porto de Rio Grande. É um compromisso importante para Eduardo”, define o coordenador da campanha.

Fonte: Correio do Povo


11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo