Corpo de caminhoneiro continua desde ontem preso às ferragens em acidente na 290


O corpo do argentino de 41 anos, que morreu ao capotar o caminhão com carga corrosiva, no início da manhã de ontem(24), será retirado das ferragens nesta manhã de sábado(25).

O trabalho para retirada da carga de Bissulfito de amônio envolveu, até o momento a FEPAM, empresa responsável pelo caminhão e a empresa que realizou transbordo durante a madrugada. O trabalho minucioso para que não houvesse contaminação no solo, entre outros riscos, vai ser concluído com mais de 24h após o acidente. A Polícia Rodoviária Federal permaneceu no local o tempo todo, desde a comunicação até a conclusão. Por cerca de 40 minutos a pista chegou a ficar totalmente bloqueada, no início da tarde de ontem. Depois foi liberada em meia pista e continuou alternando os sentidos. O acidente com caminhão argentino ocorreu às 6h30min., no KM 646, da BR290. Os Bombeiros de Alegrete e o Samu estiveram no local. Como foi constatado óbito do condutor, uma equipe dos Bombeiros vai fazer o desencarceiramento.

A área está isolada, pois a carga é corrosiva. Os Bombeiros de Alegrete também estão no local, eles vão realizar o desencarceiramento da vítima. A Polícia Rodoviária Federal isolou um raio de cerca de 50 metros do local. Ainda não há detalhes se a carga derramou no solo, tampouco, quanto se há danos ambientais.

A identidade da vítima ainda não foi revelada. No total, serão mais de 24 horas de trabalho dos órgãos envolvidos. A carga saiu de São Paulo com destino a Buenos Aires. A vítima fatal é da cidade de Aristobulo Del Valle, Província de Misiones, Argentina.

Fonte: Portal Alegrete Tudo


133 visualizações

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções