• G1/RS

Santa Maria/RS: Justiça condena mãe que matou filha a 20 anos de prisão em regime fechado


A mulher acusada de matar a própria filha por espancamento em Santa Maria, Região Central do estado, foi condenada a 20 anos de prisão em regime fechado por júri, realizado nesta sexta-feira (3). Kanandra Ledi Lima da Silva foi considerada culpada por crime de homicídio triplamente qualificado. A defesa alega que ela é inocente, e afirma que irá recorrer.

O companheiro de Kanandra, Alisson Garcia Lopese, também é acusado pela morte e aguarda julgamento. O crime aconteceu no dia 11 de julho do ano passado. A menina Alice Kauane Leal, de 3 anos, chegou a ser levada pela mãe a atendimento médico, mas não resistiu aos ferimentos. Kanandra e Alisson foram presos em flagrante pelo crime. Ambos tinham 20 anos na época do crime.

O advogado da mãe, Leonardo Sagrillo Santiago, diz que ela é inocente e que foi o companheiro dela quem cometeu o crime. E a defesa de Alisson diz que não há provas nos autos quanto ao envolvimento dele na morte da criança.Laudo pericial apontou que a Alice sofreu politraumatismo, o que provocou sua morte.

Alisson está preso na Penitenciária Estadual de Santa Maria. Kanandra chegou a ficar presa em Santa Maria, mas, por motivos de segurança, foi transferida para Porto Alegre.

Alice Kauane tinha um irmão mais novo, na época com 5 anos. O menino contou à polícia que apanhava bastante e mostrou ainda diversos hematomas pelo corpo, principalmente nos braços e na barriga. Ele foi adotado.


81 visualizações0 comentário