Bebê morre com afundamento do crânio e caso será investigado


Na manhã desta segunda-feira (30), a Brigada Militar foi acionada para atender uma ocorrência na Santa Casa de Misericórdia, onde um bebê de 1 ano e 3 meses chegou em óbito no hospital.

Segundo informações extraoficiais, a menina já estaria em óbito há algumas horas.

Os personagens desta ocorrência, moradores da vila Santa Rosa, foram levados para a DPPA onde prestaram esclarecimentos sobre o caso durante o registro da ocorrência.

Segundo informações extroficiais, uma vizinha chegou na casa da avó da criança, onde reside também os pais da bebê, uma adolescente de 16 anos e seu companheiro de 23 anos e teria visto a avó limpando a boca da criança, que estava suja de sangue. Verificando o estado do bebê, a vizinha tomou a pequena nos braços e partiu em direção a Santa Casa de Misericórdia. Chegando lá foi comprovado que a vítima já estava morta. A família teria chegado quase uma hora depois e o pai da criança, mais de 1h 30min depois, pois relatou ter ido avisar outros parentes do caso.

Outra informação relatada foi que por volta das 6h da manhã, a família teria ouvido o choro da pequena e foi ver o que havia ocorrido, então ela foi aspirada, pois estaria engasgada e saiu sangue da boca da menina. Após ela teria voltado a dormir e quando acordaram horas depois ela estaria em óbito.

Todas as informações relatada, mais o afundamento do crânio que foi verificado durante atendimento na Santa Casa de Misericórdia, serão avaliados pela Perícia, que se constatar que houve o homicídio, seja culposo ou doloso, encaminha o caso para o setor de investigação da 1ª DP que trabalhará na elucidacão do ocorrido na vila Santa Rosa.

Todas informações desta matéria são extraoficiais, e não há apontamento de autores, por isso todos serão ouvidos se for compravado o homicídio.


272 visualizações

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções