Uruguai terá duas marcas de erva-mate com maconha a partir de julho


O Uruguai vai começar a vender erva-mate com maconha na próxima semana. O produto foi autorizado pelo Ministério de Saúde Pública e chegou ao conhecimento da população nessa quarta-feira. Por não conter tetrahidrocanabidiol (THC), não haverá efeito psicoativo e dessa forma, poderá ser consumida sem restrições.

Serão duas marcas: Cosentina e La Abuelita. O preço do quilo chega a 200 pesos uruguaios (R$ 24,50), 10% a mais que a tradicional. As empresas afirmaram que estão com "negócios adiantados" para conseguir exportar a novidade. A repercussão foi imediata na imprensa, com destaques nos principais jornais como La Nación e El País.

Segundo o governo uruguaio, após um ano de liberação da venda de maconha para uso recreativo, a comercialização em farmácias chegou a quase uma tonelada. Os habilitados para comprar chegam a 24.714. Mas ainda existe limitação de estabelecimentos.

Apesar da nova erva-mate ter os benefícios do canabidiol – substância presente na planta que tem efeitos terapêuticos – o produto não será usado para fins medicinais. o Ministério de Saúde Pública uruguaio retirou um produto similar do mercado, por não cumprir as normas vigentes, há pouco mais de um ano.


151 visualizações0 comentário