Alegrete: Cansado de ser assaltado, empresário vai atrás dos bandidos mas atira no adolescente errad


Comerciante de 24 anos foi preso em flagrante pela Brigada militar, no final da noite de ontem(6). Ele realizou um disparo de arma de fogo contra um menor de 16 anos, no bairro Piola.

Conforme informações, o pai da vítima foi ao encontro da viatura, do Policiamento Comunitário Cidade Alta, que estava próxima a um posto de combustível no bairro Cidade Alta. A denúncia seria que o filho havia sido alvejado por um comerciante.

A guarnição foi até o local e encontrou o adolescente em via pública, além de vários populares que estavam auxiliando o menor. Ele apresentava um ferimento no braço direito. A vítima disse aos policiais que estava em via pública quando foi percebeu a aproximação do acusado. Ele estava de carro.

O comerciante chamou pelo menor e quando ele virou, o acusado efetuou o disparo, porém, não acertou. Ao perceber que ele iria novamente atirar, o adolescente saiu correndo e pulou um muro, na queda machucou o braço.

Com o relato da vítima, quanto às características do acusado e o endereço, a guarnição foi até o endereço que fica algumas quadras onde houve a tentativa de homicídio. Na residência, os policiais identificaram o comerciante com uma cerveja na mão esquerda e a arma na direita. Foi solicitado que ele colocasse o revólver no chão. Depois de ser algemado, foi encaminhado à DP. Em contato com a autoridade policial foi determinado flagrante por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo. O revólver 32 está com a numeração raspada e municiado com 5 cartuchos, um deles deflagrado.

Aos policiais, o comerciante revelou que estava cansado de ser assaltado e que saiu para fazer justiça com as próprias mãos. Mas o adolescente que foi vítima não seria um dos suspeitos. Ele teria o confundido com os verdadeiros assaltantes.

Nem o comerciante nem a vítima tinham passagem pela polícia. Depois de ouvido, o homem foi encaminhado ao Presídio Estadual. Ele apresentava visíveis sinais de embriaguez, no momento da prisão. Dentro do gol que ele dirigia no momento em que atirou contra o menor, também foi encontrado um facão.

O revólver, as munições e o facão foram apreendidos.


39 visualizações0 comentário