São Sepé/RS: Ponte desaba durante travessia de caminhão


Uma ponte do interior de São Sepé desabou no final da tarde de quarta-feira durante a travessia de um caminhão carregado com soja. O caso aconteceu por volta das 18h, na localidade de São Rafael, em uma ponte que liga a área urbana ao interior.

De acordo com moradores, a estrutura, que é de madeira e ferro, cedeu, e o caminhão ficou pendurado enquanto trafegava no sentido interior-São Sepé. A carga de soja ficou espalhada pelo arroio São Rafael, que passa por baixo da ponte. Apesar do susto, o motorista não teve ferimentos graves.

Conforme o secretário de obras do município Flávio Ilha, placas no entorno da ponte indicam que o peso do veículo não deve ser superior a 30 toneladas para trafegar no local, e que o caminhão que se acidentou teria mais de 40 toneladas. Entretanto, moradores afirmam que há apenas uma placa de sinalização e fica do lado contrário que o veículo estava.

- Todos estão preocupados com situação e como de costume nessa cidade levam anos para realizar obras e não tem condições da comunidade ficar sem ponte. Essa é segunda que cai nessa comunidade, a outra está com mais de cinco anos e nada. Há cerca de 3 meses, moradores tiveram que construir uma ponte (que fica próximo a que cedeu ontem), porque a prefeitura disse que não tinha mão de obra. A ponte era uma alternativa principalmente durante a safra, que tem intenso movimento na rodovia - relata a manicure Dionize de Oliveira, que acompanha a situação dos pais que moram na localidade.

Após a queda da ponte, que funcionava com um desvio e encurtador de caminho, os moradores de São Rafael precisam andar mais de 5 quilômetros, segundo Ilha, para chegar até a cidade pela BR-392.

A equipe da prefeitura está no local na manhã desta quinta-feira para fazer uma avaliação da estrutura e apurar as circunstâncias do acidente. Ainda não se sabe quais medidas serão tomadas para recuperar a ponte

Fonte: Diário de Santa Maria


0 visualização

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções