Porto Alegre/RS: Alegretense é morto a facadas pelo enteado na zona leste


O alegretense Marcio da Rosa Silva, 48 anos, foi morto com três facadas que atingiram o coração. Ele morreu na hora. De acordo com informações, o motivo foi por uma discussão entre o enteado e o padrasto. Rapaz teria confessado autoria do crime a vizinhos.

Márcio foi assassinado na manhã de domingo (8), no bairro São José, na zona leste de Porto Alegre. Conforme a Polícia Civil, o alegretense foi atacado pelo enteado dentro de casa, na Rua da Represa.

O delegado Leandro Bodóia, do plantão da Delegacia de Homicídios, afirma que o motivo do crime foi um desentendimento familiar de longa data entre a vítima e o autor.

Eles estavam na casa somente com uma idosa, que devido à idade não conseguiu explicar aos investigadores o que aconteceu. Segundo Bodóia, a polícia chegou a conclusão de que o enteado cometeu o assassinato após ouvir testemunhas que garantem ter visto o jovem confessando o crime. Ele fugiu do local.

Agentes chegaram a fazer buscas pelo autor do crime, mas, até o momento, não o localizaram. Nas próximas horas, o Departamento de Homicídios deve fazer o pedido de prisão do enteado à Justiça. O rapaz não teve o nome revelado.

Segundo uma das filhas de Márcio, que reside em Alegrete, ele morava em Porto Alegre há mais de 15 anos e tinha mais dois filhos. Inúmeras mensagens e homenagens foram colocadas nos perfis de familiares e amigos.

Fonte: Alegrete Tudo


49 visualizações0 comentário