Alegretense tenta ser preso mas não consegue


Com a tornozeleira estragada, o detento tentou voltar para o presídio, mas não foi aceito.

Um homem que cumpre prisão domiciliar, desde 08/07/2017, está em uma situação complicada. O aparelho de monitoramento eletrônico estragou e a equipe responsável pela manutenção informou que não virá até Alegrete realizar o conserto, devido os altos custos.

Diante desta situação, e pelo nome ser incluído na lista de foragidos, o alegretense apresentou-se no Presídio Estadual, onde para sua surpresa não foi aceito, devido a interdição do local.

Sem ter à quem recorrer, o apenado procurou o plantão da Delegacia de Policia, que também não pode resolver o caso.

Os policiais até que tentaram, mas foram informados pelos agentes que não estão recebendo mais ninguém. Ao ligar para o setor de monitoramento da capital foram orientados a solicitar uma vaga.

Enquanto isso, o presidiário está sendo obrigado ficar em liberdade.


45 visualizações0 comentário