© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções

Lula, ''emendinha'' e novo vereador: Uma sessão da Câmara com muitos embates nesta s


Durante a sessão plenária desta segunda-feira, após a leitura do expediente, foi dado inicio ao grande expediente as 10h25m, sendo o vereador Luis Itacir-PT o primeiro a fazer uso da palavra. Sem ordem do dia, a sessão foi marcada pela presença do Vereador Pedrinho Santa Fé, que assumiu no lugar do Vereador Enrique Civeira, empossado hoje como Secretária Geral de Governo.

Luis Itacir - PT iniciou sua fala manifestando insatisfação sobre a terceirização da educação. "Não temos como falar sobre educação se ela é terceirizada”. O parlamentar também abordou os problemas que - segundo ele - serão trazidos com a contratação da empresa pelo município. "Iremos ter problemas financeiros, pois não temos recursos, eles são escassos". Mais adiante, pedindo novamente o uso da tribuna, agora com a comunicação de liderança, Luis Itacir afirmou que não há nada contra Lula e para vencê-lo é preciso ir as urnas.

A seguinte em fazer o uso da palavra foi a vereadora Marcia da Rosa-PSB, dando as boas vindas ao novo vereador Pedrinho Santa Fé - PDT. A parlamentar também fez um convite à comunidade para participar na Intercessão dos jovens de Santana do Livramento. "O evento será feito quinta-feira as 19h na Praça Internacional. Lembrando que é preciso de mais presença na religiosidade para superar dificuldades em nossa cidade", afirma a parlamentar.

Seguidamente a usar a palavra foi à vereadora Maria Helena-PDT, afirmando sobre as posições dos vereadores, defendeu novamente a troca de opinião dos vereadores. Completando sua fala: “É normal brigarmos por espaço, é assim que funciona a política”, falando sobre os cargos que passaram a ser ocupados por pedetistas no governo municipal.

Mauricio Del Fabro - PSDB, cumprimentou também o vereador Pedrinho Santa Fé e falou sobre o ingresso do Vereador Enrique Civeira ao cargo de Secretário Geral de Governo. ”O Vereador Civeira, que cobrou tanto do governo atual, agora se junta a ele. Espero que use o espaço para ser positivo para a administração”, argumentou. ”Devemos estar sempre cobrando, e o que viemos ganhando ainda é pouco para o município”. Galo completou sua fala afirmando que ele sim faz parte e está presente no governo. “Estou sim participando do atual governo, sendo como vereador e partido, para colaborar com o crescimento e desenvolvimento da nossa cidade”.

Antonio Zenoir do PSD foi o seguinte a usar a tribuna. “Hoje o Vereador Civeira tem uma grande oportunidade para reajustar suas crÍticas feitas ao governo”, afirmou Antônio. Declarou também que a imprensa deveria ser imparcial e justa, sobre comentários feitos à emenda que foi destinada com o intuito de auxiliar a Santa Casa, onde legislador ouviu que o recurso foi citado como "emendinha" por radialista.

Terminando o grande expediente, o vereador Carlos Nilo-PP congratulou e deu as boas vindas ao colega, o Vereador Pedrinho Santa Fé. Argumentou sobre a aprovação do decreto de desconto de 20% dos hequitares do assentamento para quem quiser pagar à vista. “Vejo isso com bons olhos, porque as pessoas podem ter o direito de ter sua terra, para trabalhar como qualquer trabalhador rural”. “Emendas parlamentares não resolvem, mas ajudam.” falando sobre a emenda feita para auxiliar a Santa Casa. “Uma emenda de 500 mil reais não resolve o problema da Santa casa, mas ajuda”.

Completando sua fala, relatou ter colocado o seu nome para ser candidato deputado estadual pelo seu partido, dizendo estar muito honroso por tal feito.

Com o inicio das comunicações pessoais, o vereador Dagberto - PT foi muito crítico em relação a os acontecimentos do dia em que a cidade recebeu a visita do ex-presidente Lula onde houve alguns protestos em nossa fronteira. “Não se deve realizar uma politica feita com ódio e raiva. Se tiverem fazendo um protesto de direita, criticas ao Lula, não vão lá em frente ao partido dos trabalhadores. Isto é provocação”, exclamou.

O seguinte foi Germano Camacho - PTB, que relatou sobre poder concluir o projeto feito na comunidade de moradores da Santa Rita. Falou também sobre uma demanda feita pela Escola Vitelio Gazapina, para destravar uma reforma da quadra poliesportiva, para a escola também permanecer aberta nos finais de semana, e além de reativar a bandada escola. Germano saiu em defesa do radialista dizendo que ele é um universitário e profissional capacitado.

Marco Monteiro - REDE afirmou que os protestos contra Lula foram feitos de forma democrática, dizendo-se contra as reações violentas por parte dos militantes do Partido dos Trabalhadores.

Finalizando a sessão, Pedrinho Santa Fé realizou pela primeira vez o discurso na tribuna frente aos novos colegas parlamentares, agradecendo a oportunidade ao prefeito Ico Charopem e ao Vereador Enrique Civeira por ter aceitado o convite feito pelo prefeito e cedido o lugar a ele. “Venho aqui para somar e buscar o crescimento da nossa terra” afirmou.


34 visualizações