Dos palcos à casa de lona: As duas vidas do Gaúcho Fronteirista


Na tarde desta segunda-feira (29), o Motoqueiro Verde foi até o bairro Simon Bolivar, encontrar uma figura da música tradicionalista que passa atualmente por dificuldades e que mora debaixo de uma lona de piscina improvisada como teto. Com ajuda de vizinhos, Clovis Sosa, popular Gaúcho Fronteirista tem mais de 20 anos de carreira e as escolhas da vida fizeram ele chegar nesta situação. Apesar do seu jeito tradicional, ele não se envergonha de pedir ajuda para as pessoas para poder chegar a viver dias melhores, debaixo do teto de uma casa.

Para quem quiser ajudar o Gaúcho, basta ir até o endereço onde ele está, Nicolau da Silva Pirulo, 169. As pessoas e o Gaúcho agradecem a solidariedade de quem se dispuser a colaborar com alimentos e materiais de construção para o tradicionalista.

No link, uma das músicas do cantor tradicionalista. https://goo.gl/hLX5tT


253 visualizações0 comentário