Ônibus atola na estrada de Pampeiro, e professores dizem que situação é recorrente


Na manhã desta quarta-feira, os professores da Escola Pedro Comas, que é estadual mas conveniada ao Município, na Vila Pampeiro, vieram as redes sociais para desabafar sobre o trajeto que leva até o educandário. Segundo os professores não é só um pedido deles, mas também dos pais que tem que levar seus filhos na Escola, "toda que vez que chove é a mesma situação, estamos esperando alguém da Secretária de Obras vir ver a situação pois assim fica dificil trabalhar", salientou a professora Yasmin Alves.

Já Aramis de Leon, relatou o frio que os professores das escolas Pedro Comas que vinha atrás e não pode passar e da Escola Paulo Freire, na qual atolou, "estamos desde as 6h 30min, neste frio e sem expectativa de uma solução", afirmou.o

Esta matéria foi escrito com os relatos e informações passadas pelos professores que ficaram presos após o ônibus atolar na principal estrada de acesso a Vila Pampeiro.


327 visualizações0 comentário

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções