Policia Civil realiza maior operação contra lavagem de dinheiro no Estado


Na manhã da terça-feira (25), a Policia Civil através da Delegacia Regional com apoio da Brigada Militar, PRF, Exército Brasileiro, desencadeou a Operação "Deu Zebra", que foi deflagrada em 14 cidades do estado do Rio Grande do sul, sendo uma delas, Santana do Livramento.

Com o objetivo de combater o crime organizado, a lavagem de capitais e a ocultação de bens e valores, assim desarticulando dois conglomerados criminosos do ramo dos jogos de azar em atuação no RS, os policiais executaram 237 ordens judiciais, em todo o estado.

O inicio:

Antes do golpe que desarticulou esta organização criminosa, foram necessários 16 meses de investigação, sendo os encarregados, 6 policiais pertencentes à 12º Delegacia Regional da Policia Civil. Os comandados da Delegada Ana Luiza Tarouco visitaram 14 cidade, percorreram 11.856 km, analisaram mais de 415.700 áudios, sendo mais de 5.700 horas de conversa, e 267 horas de vigilância, para identificar e montar a estrutura da organização criminosa, formada por duas quadrilhas.

Braço armado:

Nos áudios analisados pela investigação da policia civil, foi descoberto que existe o envolvimento de policiais militares e civis no esquema. Suas funções eram cobrar os devedores, e se fosse preciso, utilizar da força. Em um dos casos, ocorrido em Bagé, uma funcionária da Prefeitura utilizava veiculo publico para realizar o "leva e trás" de apostas, a mesma ficou devendo apostas e foi ameaçada, junto com sua família. Em outra ocasião, um individuo, este não sendo policial, foi pago para executar um devedor em Livramento, ação que foi frustrada durante abordagem, em que o preso revelou estar armado para finalizar a ordem, vinda da cidade de São Gabriel.

Fortuna ilícita:

Durante entrevista coletiva, a Delegada Regional Ana Luiza Tarouco, afirmou que a investigação detectou mais de R$ 11 milhões em patrimônios dos investigados, sendo 57 veículos e 19 imóveis, entre eles um teatro e um cinema.

Através dos jogos de azar,os criminosos lavavam milhões de reais por mês, somando em 4 anos, pelo menos R$ 521 milhões de reais.

A queda dos líderes:

Conforme a Policia Civil, haviam dois grupos criminosos, liderados pelos bicheiros presos, Marcos Dierka e Mário Kucera, eles controlavam o esquema no RS, e estavam ligados com contraventores de outros estados.

A investigação uniu o crime de contravenção com outros considerados mais graves, como: lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Marcos Dierka, que é de São Gabriel foi preso ainda na madrugada, quando viajava para Santa Maria. Em posse do bicheiro estava R$100 mil reais e US$ 15 mil dólares. Enquanto os presos capturados durante o dia chegavam na DPPA, Dierka já estava sendo encaminhado ao Presídio de Livramento.

O Jogo do Bicho 2.0

A quadrilha evoluiu a maneira de vender os jogos de azar, os que antigamente eram feitos através de cartelas e papel, atualmente eram processados através de máquinas de cartões de crédito alteradas. Uma das funções da equipe de TI, sediada em Pelotas, era modificar o software dessas máquinas, inserindo o programa do jogo, para reutilizá-las de maneira a parecerem máquinas normais. Os dados eram transferidos, através da internet, para centrais em Porto Alegre e Taquara.

Cidade envolvidas na Operação "Deu Zebra":

Bagé

Caçapava

Cacequi

Dom Pedrito

Pelotas

Porto Alegre

Quaraí

Rosário do Sul

Santa Rosa

Santana do Livramento

Santo Ângelo

São Gabriel

São Sepé

Taquara

No fim do dia:

Depois de todos serem ouvidas, as 23 pessoas presas, foram conduzidas ao Presidio Municipal de Santana do Livramento, e ficam à disposição da Justiça. Em frente a delegacia de Livramento, sob o olhar de tristeza dos familiares, as pessoas foram levadas à penitenciária.

14 Horas de cobertura:

Na noite desta terça feira (25), às 22h a equipe do Sentinela completou 15 horas de acompanhamento na Operação "Deu Zebra", entre 4 profissionais, conseguimos levar a noticia de maneira clara e objetiva. Esta mesma equipe agradece a todos s internautas que nos acompanham diuturnamente, e a confiança das forças policiais, as quais nos permitem mostrar seu valoroso trabalho em prol da comunidade.

#quadrilha #lavagemdedinheiro #policiacivil #dinheiro #jogodobicho #prisao #brigadamilitar #prf #exercitobrasileir #operação #deuzebra #contravenção #rs

1,326 visualizações

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções