© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções

Corrente do medo! fotos "não publicáveis" e toque de recolher geram transtorno a inocentes


Após o assalto a casa de câmbio Fênix em Rivera, no lado uruguaio, várias imagens de possíveis envolvidos na ação criminosa começaram a circular na internet. Portais de notícias de Rivera, sites de notícia uruguaios e até mesmo populares brasileiros começaram a "viralizar" imagens erradas levando medo a comunidade e transtornos ao dono do carro em que a placa foi clonada.

Em grupos de whatsapp, mensagens como "Atenção ⚠⚠⚠⚠⚠ Policia de Livramento e Rivera estão pedindo para não sair de casa!Houve um assalto no Câmbio Fênix (em frente ao parque internacional) no qual 3 dos assaltantes conseguiram fugir, eles podem estar em qualquer lugar e também possuem um forte armamento. Compartilhe!!!!!!", levaram pânico e risos, pois seria a primeira vez na história que haveria toque de recolher na Fronteira.

Em entrevista, a Delegada Giovana Muller ressaltou sobre o assunto, "Na ânsia de se identificar e dar respostas, estão divulgando inocentes...Já temos suspeitos e estamos trabalhando nisso" afirmou a autoridade policial que acrescentou em seguida, "o advogado, do carro com a placa clonada, estava sendo ameaçado por várias pessoas, após sua foto aparecer em milhares de compartilhamentos, até mesmo argentinos os ameaçaram", declarou Muller se referindo a fotos colocadas em uma página do Facebook de Rivera que chegou a imprensa de Montevideo.

O Sentinela conseguiu informação através de uma amiga da família, dona do carro com a placa clonada e ela afirmou, "ele teme não só pela a vida dele mas de sua família, pois eles tem filho pequeno, e essa mentira na internet chegou longe demais", destacou a amiga da família após Fernando Maciel Ramos, o acusado injustamente, ir as redes sociais e desabafar sobre o caso.

Nesta terça-feira, a Outlander encontrada na madrugada será periciada pelo IGP e a investigação pode avançar, pois somado com a identificação dos suspeitos informada pela Delegada podem dar esperança de captura dos homens que assaltaram o câmbio e mataram o segurança e policial de Rivera Sergio Umpierrez.


1,914 visualizações