• Simão

Queremos mais amor


Vivemos em uma época que tudo parece descartável, coisas importantes, que deveriam ser cuidadas. Falo do amor que os humanos sentem, da família que eles constroem, das suas vidas e de nós, animais de estimação. Nossa vida se resume em tão pouca coisa que vocês se apavorariam com as inúmeras necessidades que os humanos sentem. Precisamos de necessidades básicas: comida, água, um abrigo e amor. Para nós, vocês são tipo, tudo. Tudo, literalmente!

Como todos já sabem eu fui resgatado da rua, fui descartado por um humano que um dia dizia ser meu líder, e eu sofri muito. Sofri pelo abandono, sofri porque não sabia para onde ir e nem a quem recorrer. Na rua eu me machuquei feio. Quando minhas amigas, que na época eram da ASPA, me encontraram, elas tiveram medo de que eu não sobrevivesse a tantos ferimentos. Fiquei cego de um olho, mas minhas feridas fecharam, meu pelo cresceu e eu voltei a acreditar que os humanos podiam sim, nos amar.

Há alguns dias atrás acontecerem casos parecidos com o meu, aqui em Livramento. E eu me pergunto, quantos mais aconteceram e os humanos sequer ficaram sabendo? Vocês lembram da Vitória, que foi enterrada viva? Pois é... como um ser consciente, um ser humano, como vocês se chamam, tem a coragem de fazer isso com um ser irracional e indefeso como nós, meros cães. Não sei, me recuso a entender!

Juro que eu penso no meu tempo livre, e olha que eu tenho muito tempo livre. Penso como homens podem ser tão ruins, como homens podem chegar a tal ponto de irracionalidade? Na minha opinião canina, é tão simples, apenas não nos peguem para criar, castrem suas cadelas. Tão simples, mas os humanos complicam tanto.

Do jeito que tá, eu sei que isso jamais terá fim. O ser humano, aquele que é racional, ele tem um fio de ódio, de maldade em sua alma. Falando nisso, todos nós temos, mas se tivermos amor em nossas vidas isso não precisa ser aflorado, em cães e homens.

O amor, aumigos, ele existe. Sim, ele existe! Eu, graças a São Francisco de Assis, tive o prazer de conhecer, de saber como é a sensação. Aquele calor de ter alguém para receber em casa, aquele calor de poder dar um lambeijo nos meus pais. Imagina como o mundo seria melhor se todos peludos tivessem essa oportunidade?! Fica aqui meu desabafo com a raça humana. Por favor, nos amem, é só isso que a gente pede, nossa vida é tão curta perto da de vocês. Uma ótima semana de trabalho a todos, eu sigo nas minhas férias permanentes. Auauauau Lambeijos.


49 visualizações0 comentário

© Copyright 2019 Sentinela 24h. Desenvolvido por Gath Soluções